Quem nasce no verão tem mais hipóteses de ser mais alto

As crianças nascidas nos meses de verão têm mais hipóteses de serem mais altas e mais fortes.

É o que sugere um estudo realizado na Grã-Bretanha e que envolveu cerca de 450 mil pessoas.

Os cientistas acham que a explicação para isso está na absorção de Vitamina D por parte das grávidas, nos meses finais de gravidez, na primavera e no verão.

Ou seja, a saúde e a estatura são influenciadas pela exposição da mulher ao sol nos dois últimos trimestres da gravidez, já que o sol é fundamental para a absorção de Vitamina D.

A Vitamina D é fundamental para o crescimento, para a saúde dos ossos e para a prevenção de doenças como o cancro, a diabetes tipo 1 e a esclerose múltipla.

O mesmo estudo, de acordo com o jornal britânico The Telegraph, revela que as meninas nascidas no verão começam a puberdade mais tarde, o que se traduz, dizem os investigadores, numa indicação para uma saúde mais resistente na vida adulta.

Os cientistas analisaram os dados biológicos de 450 mil britânicos e concluíram que as crianças nascidas em Junho, Julho e Agosto nasciam com mais peso e eram mais altas em adultos.

As crianças nascidas nos meses de verão tinham 10% menos de hipóteses de ter uma estatura baixa. Os dados são mesmo mais concretos: a média dos britânicos nascidos em Dezembro serão, em média, três milímetros mais baixos do que os que nascem em Junho.

Fonte: TVI24

Consentimento de cookies