Devem manter-se os suplementos no Verão?

A Vitamina D e a exposição solar

A Vitamina D é muito importante para a saúde do organismo, intervindo na prevenção e tratamento de várias doenças. Só 10% da vitamina D provêm da alimentação, os restantes 90% são obtidos através da exposição solar, em particular aos raios UVB. 

Vtamina D e a exposição solar

Embora a síntese de vitamina D varie de acordo com o tipo e cor de pele, idade e muitos outros fatores, no Verão, em média, a exposição ao sol por 15 minutos pode ser suficiente para assegurar os níveis de vitamina D necessários. Esta exposição deve ocorrer com as pernas e braços descobertos e sem protetor solar. Contudo, para ser eficaz, esta exposição solar tem que ocorrer nas horas de maior calor (das 10:00 às 16:00 horas) – precisamente a hora em que é maior o risco de queimaduras solares.

Adicionalmente, alguns médicos argumentam ainda que a quantidade de vitamina D que produzimos assim é muito incerta e chamam ainda a atenção para que o limite de segurança da exposição solar varia de uma pessoa para outra consoante a sua pele.
Por outro lado, é hoje muito fácil termos acesso a doses adequadas e bem definidas de Vitamina D através de medicamentos certificados, acessíveis e muito seguros.

Assim, muitos médicos, em que pontificam geralmente os Dermatologistas, sugerem que é mais seguro e sensato usar sempre o protetor solar quando nos expomos ao sol, mantendo de forma continuada, também no Verão, os medicamentos indicados para suprir a necessidade de Vitamina D. As doses recomendadas pelos especialistas do Fórum D (www.forumd.org) variam entre as 600 U/dia para crianças, até 800 a 2000 U/dia para adultos. As doses mais altas estão especialmente indicadas para pessoas com excesso de peso.

Coimbra, 1 de julho de 2018

Prof. José António Pereira da Silva

Diretor Científico Fórum D