Reumatismo e o Exercício Físico

Antes de fazermos uma ponte entre o exercício físico e esta doença, vamos falar primeiro sobre o que é então a doença reumática ou o reumatismo.

São um conjunto de patologias auto-imunes, a maioria destas envolve as articulações. O termo artrite é apropriado para indicar o processo de inflamação e degradação articular, com uma consequente diminuição das funcionalidades das articulações. O paciente que tem esta patologia sente dor, diminuição da quantidade de movimentos, ganho de peso, aumento de stress e, como consequência, mais dor. O exercício físico adequado pode até contribuir para uma melhor qualidade de vida. É importante que saiba que, se sofre de reumatismo, os exercícios físicos a fazer terão de levar o seu tempo, para o seu corpo se ir habituando. Tente mobilizar gradualmente todas as suas articulações quando acorda, logo de manhã. Trabalhe a sua resistência e a sua flexibilidade, tendo em vista também o seu equilíbrio e agilidade para o seu dia-a-dia. Tenha atenção aos exercícios com pesos (halteres) e actividades com impacto, por exemplo os saltos. Se pretende inscrever-se num ginásio, pense em fazer as aulas de Pilates, Yoga, Tai Chi ou treinos funcionais. No seu dia-a-dia, faça alongamentos em todo o corpo e as caminhadas de 30 minutos diários vão favorecer a sua postura. Se não conseguir de imediato cumprir com os 30 minutos, vá adaptando à medida que for conseguindo, o que importa é não ficar parado e sempre na mesma postura, isso é o maior inimigo para a sua saúde.

Tópicos: 
KeepmovingSaúde
Consentimento de cookies